R. Maracajú, 1148 - Centro 0800-605-6040 Técnico Responsável: Dr. Paulo Cury | CRM-MS 1522

Blog

Carnaval de Veneza. Um charme da arte, uma festa para viver

Novidades | 24.fev.2017



foto Didia 1 foto Didia 3 foto didia facebook foto Veneza barcos Didia fotos Didia 4 fto Didia 2 praca sao marco Didia

O mais antigo carnaval da humanidade criou um símbolo que viaja pelo mundo: as máscaras dão personalidade à tradição de Veneza que já conta 900 anos. Surgiram com uma razão de ser assumida: o desejo das pessoas era o de esconder a identidade habitual e ganhar liberdade para expressar-se à vontade, rompendo a ordem social em vigor. Uma manifestação liberta de julgamentos e livre para ser, inclusive, irreverente.

Significados à parte, as máscaras são, em si, uma bela arte que detém o olhar de quantos com elas se deparem, seja por fotos ou, ao vivo, durante a programação do carnaval de Veneza. Este ano, a festa vai de 11 a 28  de fevereiro. Sim, mais longa que o carnaval brasileiro, mas menor do que já foi. De início, as festividades começavam em outubro; depois, no ano de 1700, foi reduzida para 6 semanas, iniciando em dezembro. Teatros, concursos de máscaras, desfiles e várias atrações ocupam diversas áreas, especialmente a Piazza San Marco, um dos principais destinos turísticos da cidade.

O mais antigo carnaval da história tem origem nas festas pagãs dos antigos romanos, e isso explica também a origem do termo “Carnaval”, que vem do latim “upbeat carnem” ou “retire a carne da dieta”, costume prescrito pela Igreja para ser seguido a partir do primeiro dia da quaresma, que inicia no dia seguinte ao fim do carnaval, feriado. Documentos históricos da era medieval – os primeiros são de 1904 – dizem de uma festa caracterizada pela apreciação excessiva de comida, bebida e prazeres. Mas fala-se que a tradição é ainda mais antiga, vindo dos cultos ancestrais de passagem do inverno para a primavera.

Tanta história e tanta arte dá um certo ar de mistério e romance.

Como se diz na Itália, o carnaval de Veneza é “una festa da vivere”; é para experimentar, viver.






Comente